Câmara Muncipal de Monchique oferece manuais escolares até ao 9.º ano

A Câmara Municipal de Monchique (CMM) estendeu o projeto «Manuais Escolares» a todos os alunos do concelho, atribuindo, no ano letivo 2016/2017, esse material até ao 9.º ano de escolaridade do ensino básico.

De acordo com a CMM esta medida insere-se «no conjunto de apoios e incentivos fiscais que a autarquia dispõe para a sua população» e pretende abranger todos os alunos, «independentemente da sua condição sócio-económica».

No entanto, a edilidade lembra «que esta medida não faz parte do programa apresentado pelo Governo para o 1.º ano do 1.º ciclo, que prevê o empréstimo dos manuais escolares a estes alunos, com a condição de os mesmos serem devolvidos no final do ano letivo sem estarem riscados ou deteriorados», pelo que os «continuará a oferecer também ao 1.º ano».

Rui André, presidente da CMM explica que esta ação é «a continuidade de uma aposta efetiva no apoio direto às crianças e jovens do concelho, garantindo que o acesso à educação, que deve ser gratuito, é efetivamente realizado».

Sobre a medida do governo, o autarca considera «absurdo que se exija a uma criança de cinco ou seis anos que ao longo do período letivo não faça qualquer risco nos manuais, que são na sua totalidade em formato ficha e onde estão todas as propostas de atividades diárias», criticando o facto desta medida «exigir um permanente serviço de fotocópias por parte das escolas, o que se demonstra incomportável em termos de custos e pessoal afeto».

Os respetivos manuais escolares e restante material didático poderão ser levantados no início de setembro em local a designar posteriormente.

Para a Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas do Concelho de Monchique «a oferta dos manuais escolares a todos os alunos do Agrupamento de Escolas do Concelho de Monchique por parte do município deste concelho, demonstra sensibilidade às dificuldades que as famílias estão a atravessar, sendo esta, uma aposta importante na educação e na própria valorização escolar, para além de contribuir para a melhoria da igualdade de oportunidades».

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *