BVM recebem nova ambulância de transporte de doentes

A cerimónia de tomada de posse do novo comandante dos Bombeiros Voluntários de Monchique (BVM), Rui Lopes, realizada no passado dia 30 de abril, ficou marcada pela entrega de uma nova ambulância de transporte de doentes, por parte da Câmara Municipal de Monchique (CMM).

No evento, onde também foram integrados no quadro ativo dos BVM 11 novos elementos, estiveram presentes Victor Vaz Pinto, comandante do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro, Rui André, presidente da CMM e os presidentes da mesa da assembleia geral e da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Monchique (AHBVM).

Para a autarquia monchiquense a entrega deste veículo «reforça o apoio aos bombeiros do concelho após a oferta de um vasto conjunto de equipamentos e outras viaturas ao longo dos últimos 2 anos», indo ao encontro de um compromisso «que ambas as instituições têm levado a cabo no sentido de garantir melhor prevenção, maior proteção e mais segurança para as populações deste concelho serrano».

Rui André, que durante a cerimónia se comprometeu a suportar parte dos custos de aquisição de uma ambulância de socorro, também uma necessidade desta corporação, afirmou que «a AHBVM merece o nosso apoio incondicional e assim não regatearemos esforços para que seja possível responder a todas as suas solicitações, considerando as necessidades deste “braço armado” da Proteção Civil, como um verdadeiro investimento nesta área».

Quanto ao novo comandante agora empossado, o edil desejou «votos de boa sorte nas novas funções, sublinhando que o sucesso do desempenho por parte dos nossos bombeiros e do seu comando é o garante da segurança e tranquilidade de toda a população do nosso concelho».

O autarca deixou ainda algumas palavras aos onze jovens monchiquenses que ascenderam à categoria de bombeiro de terceira classe, salientando «a mais-valia e garantia de que esta corporação continua a crescer e a despertar os jovens locais para a prática de uma atividade altamente importante em termos de participação cívica e que por essa razão merece o reconhecimento público como fez questão de referir na sua intervenção».

4_BVM_ambulância

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *