As reviravoltas do último dia de WSBK no AIA

A promessa de um último dia, 3 de outubro, de Campeonato do Mundo de Superbike desafiante e intenso pareceu cumprir-se e até o tempo se alinhou para cooperar, ou neste caso em concreto, para dificultar.

Apesar do warm up e da Superpole terem sido acompanhados de chuva forte e muitas nuvens, não foi o suficiente para fazer os pilotos recuarem ou mostrarem menos garra e convicção. Toprak Razgatlioglu (Pata Yamaha com Brixx WorldSBK) continuou com excelentes resultados, mas, ainda assim foi bastante pressionado por Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team WorldSBK) sempre a tentar alcançá-lo, no entanto e pouco tempo depois, Rea voltava a cair junto à décima terceira curva, sendo forçado a sair, pela segunda vez consecutiva.

A tarde prometia uma corrida de WorldSBK dura, especialmente para Rea, mas não foi isso que aconteceu. Posicionaram-se destemidamente e, apesar de Rea sair em décimo lugar, isso não o impediu de rapidamente passar a liderar. Ironicamente, Toprak que seguia em segundo lugar, despistou-se na nona volta e exatamente na mesma curva que Rea, no dia anterior, a décima quinta, esclarece nota do AIA.

Rea sobe ao pódio e recebe o primeiro lugar, acompanhado de Scott Redding (Ducati Panigale V4R do Team Aruba) que ficou em segundo e do Loris Baz (Ducati Panigale V4R do Team GoEleven) que manteve o terceiro lugar no pódio, à semelhança do dia anterior. Quanto às pontuações gerais, nada ficou perdido para Razgatlioglu, pois continua a assumir a liderança com 478 pontos, mas Rea está cada vez mais próximo com 454.

Relativamente à categoria de WorldSSP, a segunda corrida foi mais que renhida, entre Steven Odendaal (Evan Bros. WorldSSP Yamaha Team) e Jules Cluzel (GMT94 Yamaha) com apenas um centésimo de segundo a separá-los. Odendaal sagra-se assim vitorioso pela quinta vez durante a época e soma um total de 300 pontos, ficando com uma diferença de 54 pontos do líder do campeonato Dominique Aegerter (Tem Kate Racing Yamaha).

Apesar do Campeão Mundial FIM Supersport 300 de 2021 já estar decidido foi esta a categoria que finalizou mais um Campeonato do Mundo de Superbike, no Autódromo Internacional do Algarve. Adrian Huertas somou assim um total de 255 pontos, seguido-se Booth-Amos com 189 e Jeffrey Buis com 174.

Ver mais imagens em: https://monchiqueiro.wixsite.com/photosports?fbclid=IwAR0GeMinVRq26IjGHOGmVW6elUxociOMyBlhI4tgg8XIvmL71BvMYn05HDk&lightbox=dataItem-kuac3khv9

https://static.wixstatic.com/media/ede14b_7b4b8f1351b3422e898d9efae4315777~mv2.jpg/v1/fill/w_1148,h_685,al_c,q_85,usm_0.66_1.00_0.01/ede14b_7b4b8f1351b3422e898d9efae4315777~mv2.webp