Ano de 2018 chega em modo de voo a Monchique

O final do ano em Monchique vive-se no interior de uma grande tenda de circo, «com voos rítmicos de cortar a respiração, sons ininterruptos e desabridos e palmas de todas as idades. Música e acrobacia tornadas uma só linguagem, numa atmosfera ligeiramente burlesca, bem-humorada e fascinante». É assim que é descrito o espetáculo de novo circo «Klaxon» que vai decorrer de 29 a 31 de dezembro, às 21h00 e 1 de janeiro às 17h00, numa tenda de circo no espaço do Heliporto Municipal, em Monchique.

Trata-se de mais uma iniciativa do projeto «Lavrar o Mar», que promove programação cultural em época baixa nos territórios de Aljezur e Monchique, e está inserido no 365 Algarve e Cresc Algarve – Portugal 2020.

O coletivo francês de 11 artistas, cinco músicos e seis acrobatas Akoreacro vão fazer de «uma enorme e viajada tenda de circo tradicional, uma arena para uma inesquecível e calorosa celebração de números de trapézio, acrobacias no ar, equilíbrios instáveis, que rasgam o espaço e levantam voo, ao som dos entusiásticos músicos a que ninguém fica indiferente». É um «espetáculo virtuoso, imbuído simultaneamente do espírito do circo tradicional e de um imaginário, humor e dramaturgia contemporâneos. Uma viagem livre, leve e alegre que nos mostra como o céu (não) é o imite para a nossa imaginação», explicam os responsáveis do «Lavrar o Mar».

«Klaxon» tem a duração aproximada de 1h15, mas na noite de passagem de ano, «o magnetismo de Akoreacro estende-se após a meia-noite num conjunto com diversas surpresas», garante a organização.

 

Foto de destaque: ©JP Estournet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *