Alunos do 5.º ano aprendem a fazer pão no Moinho de Água do Poucochinho

Pelo terceiro ano consecutivo, a Presidente da Junta de Freguesia de Monchique recebeu as turmas do 5.º ano no Moinho de Água do Poucochinho e, juntando a teoria à prática, levou os alunos numa viagem pedagógica pelo ciclo do pão, sustentada pelo estudo da obra A Vida Mágica da Sementinha, de Alves Redol.
Quando os alunos chegaram ao Moinho, já a lenha crepitava no forno, que se preparava para receber mais de três dezenas de pequenos pães. Na casa do moleiro, a massa de pão, previamente preparada, aguardava que as delicadas e inexperientes mãos dos meninos experimentassem, pela primeira vez, a arte de tender.
Atenta e paciente, a anfitriã foi convidando todos os alunos, um a um, a “meterem a mão na massa”, prontificando-se a “dar uma mãozinha” nas situações mais complicadas, evidenciando a destreza característica de quem percebe do ofício.
Concluída esta tarefa, e enquanto esperavam que a massa levedasse, os alunos ficaram a saber como funciona o engenho do moinho e assistiram, ao vivo, ao processo de moagem artesanal.
Lá fora, o rodízio começou a mover-se, impelido pela força da água libertada da represa, fazendo girar as enormes mós que, enérgicas e potentes, iam transformando em farinha os pequenos e amarelados bagos de milho.
Entendido o processo de moagem, a atenção dos meninos voltou a centrar-se no fabrico do pão, que estava pronto para a cozedura.
Retiradas as brasas e varrido o forno, os pequenos pães foram cuidadosamente acomodados  no seu interior, adivinhando-se uma boa e saborosa fornada.
Poucos minutos depois, o cheirinho a pão quente juntou-se ao saudável aroma da natureza  e, do forno, foram saindo dezenas de apetitosos  pãezinhos, recebidos pelos meninos com entusiasmo, gulodice e orgulho.

biblio6 (2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *