ALGAR investe 1,2 milhões de euros em viaturas de recolha seletiva

A atividade de recolha seletiva foi reforçada com sete viaturas adquiridas pela ALGAR. O investimento teve um total de 1,2 milhões de euros, sendo que 85% do valor é confinanciado pelo Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR), Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo de Coesão.

Esta aquisição permitiu um reforço de 32% da frota da empresa e cria «condições para assegurar as necessidades da atividade de recolha seletiva, podendo a empresa contar agora com um parque de 29 viaturas», explica a empresa em comunicado.

«As novas viaturas estão equipadas com a mais recente tecnologia de motorização no âmbito do cumprimento da norma EURO VI (emissão de gases)», observa.

A ALGAR pretende dar continuidade à «sua estratégia para fazer face ao aumento da produção dos resíduos de embalagens recicláveis depositados nos ecopontos» e revela que nos dois primeiros meses deste ano os valores «evidenciam um aumento de 22% nas quantidades de recicláveis recolhidos, nos três fluxos do ecoponto, quando comparado com o mesmo período homólogo. Para este resultado contribuiu o forte investimento realizado pela ALGAR em 2018, através da colocação de cerca de 750 novos ecopontos na via pública».

A empresa avança, ainda, que ao longo deste ano o reforço destes equipamentos vai ter continuidade com a  instalação de aproximadamente 350 novos ecopontos. «Desta forma ficarão disponíveis mais de 3900 ecopontos (12.800 contentores). O objetivo é garantir o rácio de um ecoponto por cada 126 habitantes».

A ALGAR é e empresa responsável pelo transporte, receção, transferência, tratamento e valorização dos resíduos produzidos nos Municípios de Albufeira, Alcoutim, Aljezur, Castro Marim, Faro, Lagoa, Lagos, Loulé, Monchique, Olhão, Portimão, São Brás de Alportel, Silves, Tavira, Vila do Bispo e Vila Real de Santo António.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *