240 alunos de EMRC ficam com «Monchique no Coração»

A disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) juntou, em Monchique, no dia 30 de abril, cerca de 240 alunos no encontro intitulado «Monchique no Coração».

O objetivo da atividade foi alertar os alunos para valores como a solidariedade, o respeito e o auxílio numa situação de catástrofe, tal como aconteceu no incêndio de agosto de 2018, que deflagrou em Monchique.

Para isso, os 15 grupos constituídos no início do encontro, cujas designações correspondiam ao nome de árvores que compõem a serra de Monchique, tiveram oportunidade de contactar com várias entidades locais, através dos seus representantes, nomeadamente Rui André, presidente da Câmara Municipal de Monchique; José Gonçalo Silva, presidente da Junta de Freguesia de Monchique; Rui Lopes, comandante dos Bombeiros Voluntários de Monchique e muitos outros bombeiros que responderam às diversas perguntas dos alunos; Patrícia Carneiro, enfermeira e coordenadora da Unidade de Cuidados na Comunidade Mons Cicus, que integra o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Barlavento da Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve; Tiago Veríssimo, pároco da Paróquia de Monchique, Luís Furtado, um dos fundadores da Plataforma de voluntariado Ajuda Monchique, para além da população em geral e dos colegas do grupo de Monchique.

O dia terminou com um coração humano no campo de jogos da Escola Básica Manuel do Nascimento, seguindo-se a plantação de um medronheiro como símbolo da atividade e da importância da reflorestação da serra depois do incêndio.

Na atividade estiveram ainda envolvidos, para além dos alunos, 24 professores das três escolas participantes – EB 2.3 Dr. Joaquim Magalhães e D. Afonso III, de Faro e Básica Manuel do Nascimento, de Monchique.

 

IMG_5417 (Medium)

 

Fotos: Alexandra Delgado ©

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *